Ao continuar a navegar neste site, aceita a utilização de cookies de terceiros destinados a propor vídeos, botões de partilha, uploads de conteúdo de plataformas sociais e processamento de estatísticas. Clique aqui para obter mais informações sobre a nossa política de proteção de dados.

A simbologia da cor

Vermelho paixão, amarelo vida, laranja tónico, branco puro...
cada cor tem um significado.


As cores influenciam a nossa disposição e têm efeitos psicossensoriais em cada um de nós. 

Cores quentes, cores frias, cores neutras... em cada divisão as cores criam uma atmosfera geral que é determinante para a utilização que irá dar à mesma.

As cores quentes

Globalmente, atraem o olhar e evocam proximidade, vitalidade e energia.

Embora ainda controverso, o amarelo é, no entanto, um aliado incontestável na decoração. Símbolo de calor e luz, o amarelo difunde a sua energia solar nos interiores e estimula a nossa capacidade de aprendizagem.

Cor da comunicação por excelência, o laranja transborda entusiasmo, alegria de viver e convívio. Nas suas versões minerais, é fonte de bem-estar.

O vermelho é a mais poderosa das cores. Simboliza a Vida, a força e a paixão, mas também a proibição e o perigo. Onde quer que seja aplicado, o vermelho aquece: ideal para uma divisão banhada por uma luz fria!

O rosa é feminino, fresco e borbulhante. E qualquer que seja a sua tonalidade, o rosa é sempre fonte de boa disposição!

As cores frias

Sugerem distanciamento, pacificação e calma.

O azul, em todas as suas tonalidades, está associado aos grandes espaços (ao mar, ao céu), sendo símbolo de liberdade. Promove a criatividade, assim como o descanso e o apaziguamento.

Cor da natureza em expansão, o verde é uma cor excelente de dia, mas suporta dificilmente as iluminações artificiais. Conforme as suas tonalidades, pode ser tonificante (se for aproximada do amarelo) equilibrada e repousante.

O violeta é a cor da espiritualidade por excelência. É uma cor subtil, refrescante nas suas declinações azuladas e mais estimulante quando se aproxima do vermelho.

As cores neutras

Do branco ao preto, do bege ao castanho, os tons neutros servem de ligação e transição na criação de harmonias coloridas.

O branco, tal como o cinzento ou o bege constituem valores certos intemporais: diluídas e utilizadas independentemente, estas cores dão luz a todas as tonalidades às quais sejam associadas.

Da mesma forma, o preto, símbolo de elegância máxima, é uma cor excelente que realça os contrastes.

Serão as cores que forem associadas ao castanho, símbolo da Terra, que criarão o estilo.